terça-feira, 23 de julho de 2013

"O dia em que eu sai de casa..."


A minha decisão de sair de casa foi um tando que apressada! Eu simplesmente decidi...
A minha relação com o meu pai não andava das melhores. Muito ciumento como um bom pai de uma menina só, não gostava quando a menininha do papai estivesse com outra pessoa ou melhor outro homem! O pior vinha quando não aparecia em casa, o que acontecia com muita frequência, já que eu e meu marido (que ocupava o posto de namorado ainda) só nos víamos nos finais de semana, logo queríamos sair pra curtir!!! E quando eu voltava pra casa geralmente domingo a noite ou segunda de manhã era a mesma sinfonia, gritos de todas as partes, e a semana passava, e eu e meu pai que sempre nos dávamos maravilhosamente bem, ficávamos a semana sem nos falar, e quando em fim as coisas começavam a ficar normais, vinha um novo final de semana e mais brigas aconteciam... Por fim conversei com o Paulo (o marido) e fiz a proposta de morarmos juntos, decidimos esperar o carnaval passar pra gente poder ver como iria ficar nossa situação, e assim foi, passado o carnaval começamos a preparar as coisas, e sem comunicar a ninguém começamos a ver as coisas, por fim fizemos nossa primeira aquisição, um fogão, bem baratinho sem ascendimento automático nem nada.Então as coisas começaram a andar, falei com a minha mãe que não levou fé, ou pensou que seria depois de uns 6 ou 7 meses (só pensou né mãezinha) . E fomos vendo casa coisas pra compra, e ai quando achamos a casa comuniquei ao meu pai, que óbvio levou o maior susto da vida dele, (como assim a bonequinha do papai vai sair de casa?!), tentou argumentar em vão, pois a decisão já estava tomada, comunicamos a minha sogra, que mal acreditou mas apoiou, comuniquei a minha avó, e em um mês estava tudo pronto e comprado (dói as vezes pensar). Chorei bastante, por algumas noites antes de sair de casa, pois saberia que aquilo mudaria a minha vida e da minha família para sempre. Então no dia 28/03/2013 acordei cedo (morando ainda na casa dos meus pais) fui para o estágio e não voltei mais para casa do papai e da mamãe, fui para o meu novo lar! E desse dia em diante as coisas nunca mais foram as mesmas....

Nenhum comentário:

Postar um comentário